11.12.13

LDN: Roteiro de Compras

harrodsAcho que, 80% das vezes, a primeira coisa que uma pessoa que está vindo para cá pela primeira vez me pergunta é: “Qual lugar você indica para fazer compras?”. E tá aí uma pergunta difícil de ser respondida. Londres é uma perdição (as pessoas sempre ficam espantadas com a quantidade de lojas!) e em praticamente todos os bairros mais centrais tem alguma rua para compras. Aqui vão algumas dicas:

Oxford Street ou Paraíso

Lojas: Fast Fashion e Lojas de Departamento (Selfridges é incrível; John Lewis e Debenhans são bem bacanas também)

Tem muita gente que não gosta da Oxford. Ela realmente é bem muvucada, mas acho a melhor opção quando o assunto é fast fashion. Lá, é possível encontrar Zaras (sim, tem umas três), H&Ms, a Forever 21, Mango, Bershka, Topshop, French Connection, Accessorize, Pull & Bear, Massimo Dutti, enfim, todas!

Uma loja baratésima que fica na Oxford e que muita gente ama é a Primark. Eu, particularmente, acho que só vale ir até lá se você tiver com muita paciência. A loja sempre está muito cheia e para enocntrar coisas bacanas é preciso procurar bastante.

Na Oxford também fica a Selfridges, loja de departamento bem famosa (me lembra a Bloomingdales) que vende marcas mais caras, mas que também tem uma seção low price). Algumas marcas que podem ser encontradas lá são: Maje, Sandro, All Saints, Chanel, Celine, Stella McCartney, etc

Como chegar: estações Bond Street ou Oxford Circus

Regent Street e Carnaby

Tipo de Loja: Lojas um pouco mais caras do que as da Oxford, mas, ainda assim, várias com preços acessíveis. A loja da JCrew que abriu esse mês aqui em Londres (acho que é a primeira da Europa) fica nessa rua. Lá também tem a &Other Stories, Anthropologie, Kiko, etc. A Liberty, loja que eu amo e já falei sobre neste post AQUI, também fica por ali.

Como chegar: A Regent Street é uma travessa da Oxford. O ideal é descer na estação Oxford Circus ou Picadilly Circus

Covent Garden

Tipo de Loja: Basicamente Fast Fashion e algumas um pouco mais caras.

É uma opção bem bacana para quem quer fugir da muvuca da Oxford. Tem mais ou menos as mesmas lojas (Zara, H&M, Mango, etc) e outras com um preço não tão amigo, mas ainda assim acessível, como a Reiss. Vale a pena sair da rua principal (Long Acre) e explorar as travessinhas, cheias de lojinhas locais, restaurantes e cafés.

Como chegar: estações Covent Garden ou Leicester Square

Bond Street

Tipo de Loja: Basicamente o crème  de la crème, ou seja, só lojas super high-end, como Chanel, Prada, LV, etc. Essa é uma rua bem bacana para quem está fazendo pesquisa de moda ou simplesmente quer ver vitrines bacanas e diferentes.

Como chegar: estação Bond Street ou Green Park

Harrods, Harvey Nichols e Sloane St

Tipo de Loja: Mesmo perfil da Bond Street (high-end)

A Harrods todo mundo já ouviu falar. É um dos símbolos da cidade, inclusive. Já a Harvey Nichols (mesmo estilo da Harrods, mas não tão pomposa rs) não é tão conhecida e é uma loja incrível! As pessoas costumam dizer que é um dos “segredos bem guardados” da cidade. As vitrines são sempre maravilhosas e é o melhor lugar para comprar óculos de sol. Várias marcas diferentes e todos disponíveis para experimentar (não tem aquela chatice de ter que pedir para tirarem das vitrines os óculos mais caros). Tanto a Harrod’s quanto a Harvey ficam na mesma rua: a Brompton Road. Por ali, também tem uma loja gigaaante da Burberry.

A Sloane Street é uma travessa da Brompton Road. Por ali, apenas lojas carésimas: Chanel, Pucci, Prada, Bottega, Fendi, etc.

Como chegar: estação Knightsbridge

Outros lugares

Para achadinhos e antiguidades: Notting Hill e arredores

Para brechós e lojas de disco: Brick Lane e Shoreditch

Outlet: Bicester Village. Ainda não fui até lá (confesso que morro de preguiça porque ele fica meio afastado da cidade), mas pretendo ir em breve e aí conto detalhes por aqui.

That’s all! Esse é um tópico bem difícil de responder sucintamente porque a cidade é cheia de tentações.

Comente!