26.06.13

Roteiro Londres – 8 dias

londonSkyline

Minha melhor amiga vem me visitar daqui alguns dias (gritos histéricos de felicidade hahah) e me pediu um roteiro. Ela vai ficar mais ou menos uns dez dias e está vindo com o marido, por isso o roteiro não é muito focado em lojas (sei que homens odeiam! rs). Apesar de já ter feito alguns posts sobre lojas daqui, estou montando um roteiro só de compras e posto ainda essa semana. A ideia é que seja um post complementar a esse.
Falando um pouco sobre a minha experiência turística, quando eu vim para Londres pela primeira vez, fiquei quatro dias e achei que deu para ver bastante coisa. Hoje já penso diferente… Acho que uma semana é o ideal para não ficar só na parte mais turística e ter tempo de fazer programas mais locais, que, na minha opinião, são os mais interessantes.
Como aqui em Londres tem muitas coisas que acontecem apenas em alguns dias da semana, o roteiro está organizado dessa forma, começando pelo domingo. Também considerei a proximidade de cada coisa, assim dá para economizar tempo indo de um lugar para outro:

london-red-bus-620x465

Domingo – Domingo tem algumas feirinhas por aqui, as mais famosas são as do lado leste da cidade, que é o lado mais underground. Acordando cedo, dá para conhecer a Columbia Road (mercado de flores), depois Spitalfields Market e Brick Lane/Shoreditch.
Segunda – Dá para fazer os principais parques: Green Park, St James, Regent’s e Hyde. Esses parques ficam super próximos, meio que um ao lado do outro. O palácio de Buckingham fica em um deles (St James) e aí já dá para “matar” isso também. Perto do Green Park fica a Fortnum & Mason, loja de chás super incrível, e a Royal Academy of Arts, que sempre tem umas exposições legais. Vale a pena tentar encaixar esses dois passeios nesse dia pela proximidade.
Terça – A ideia para esse dia é fazer as coisas que são mais próximas do rio: Tower of London (castelo super antigo, com museu e exposição das jóias da coroa), depois London Eye, Parlamento e Big Ben. Também vale a pena tentar fazer o Tate Modern e a Saint Paul’s neste mesmo dia.
Quarta – Olha, eu só fui uma vez para Candem e odiei! Acho que eu preciso ir de novo, na verdade, porque talvez não tenha explorado direito a área. Tem muita gente que fala que é bacana. Mas, mesmo não tendo gostado muito, acho que tem que incluir no roteiro porque é uma região bem famosa da cidade. Enfim, tem que conhecer! De lá, recomendaria dar uma passada numa feirinha que chama Candem Passage, que fica em Angel, e depois dar uma volta pelo Regent’s Canal.
Quinta – Vocês podem aproveitar para conhecer algumas lojas: Liberty, Carnaby St e Oxford Street. Acho que uma boa pedida é ir para o National Gallery e Trafalgar Square depois. De lá, vocês podem ir para Covent Garden, bairro bem fofo, com muitos restaurantes, pubs e lojinhas. Os musicais também ficam todos por ali, caso queiram ver algum.
Sexta – Nesse dia, vocês podem fazer os museus que ficam em South Kensington. Tem o Victoria & Albert e o National History Museum. Além disso, o bairro é lindo e tem um monte de casinhas victorianas. Dá para passar o dia todo pela vizinhança! O Royal Albert Hall, Kensington Gardens e Kensignton Palace também ficam por ali (se der tempo, vale a pena visitar). Caso queiram conhecer a Harrod’s e a Harvey Nichols, acho que seria um bom dia para fazer isso, porque fica bem próximo.
Sábado – Sábado é dia de Borough Market! Recomendo uma passadinha no mercado da Maltby Street antes, que é um passeio mais local. Depois disso, o ideal é fazer Portobello Road e dar uma volta por Notting Hill e Holland Park.
Domingo – Se o tempo estiver bom, recomendo ir para Richmond e passar o dia por lá, explorando o bairro.

That’s it! Roteiro bem pauleira, mas acho que dá para conhecer suuuper bem a cidade fazendo todos esses passeios!

Para ver outros posts sobre a cidade, é só clicar AQUI.

16.06.13

LDN: Balans

londonSkyline

Logo nas primeiras semanas aqui em Londres, já percebi que a rotina dos restaurantes da cidade era beeeem diferente de São Paulo. Jantar num restaurante bacana sem reserva: sem chance! Ir para um pub e sair de lá meia noite desesperada por comida (tem muitos pubs aqui que só servem bebida mesmo): reze para ter alguma coisa na geladeira da sua casa! Sim, os horários daqui são muito diferentes dos do Brasil. Os restaurantes (mais de 90%) encerram a cozinha no máximo às 23:00, mesmo em bairros movimentados, como Covent Garden. Na minha cabeça, achar um New Dog ou um Joakins da vida aberto de madrugada era missão impossível.

Massss, algumas semanas atrás, saímos com uma menina daqui de Londres e ela nos mostrou o caminho das pedras, levando a gente até o Balans. O Balans é um restaurante que fica no Soho e funciona até às 6 da matina! E o melhor de tudo, o cardápio deles é ótimo! Lá pelas três horas, eles já começam a servir também o menu de café da manhã, com panquecas, ovos e tudo mais. O atendimento também foi ótimo! Super recomendo!

BALANS 1balans 2

Endereço: 60-62 Old Compton St, W1D 4UG
Telefone:+44 20 7439 2183
Preços:

$$

06.06.13

LDN: The Breakfast Club

Um dos meus lugares favoritos para tomar café da manhã aqui em Londres é o The Breakfast Club. São cinco endereços pela cidade e, logo mais, vai ter um pertinho da minha casa! #felicidade
Os restaurantes são bem moderninhos e alternativos e a trilha sonora é sempre ótima! Os preços também são super justos. A única coisa que desanima um pouco são as filas nos horário de pico, principalmente durante os finais de semana. A solução é ir bem cedinho, por volta das nove, ou então no período da tarde.
Eles servem desde o tradicional English Breakfast, aquele com ovo, feijão, salsinha, etc (não sou muito fã) até opções mais saudáveis. Eu amo as panquecas de lá! São incríveis.

Há alguns meses, fiz um post sobre o mercado de flores da Columbia Road (para ver o post, é só clicar AQUI). Uma das unidades do The Breakfast Club fica ali em Hoxton. Ou seja, um programa super bacana para um domingo aqui na cidade é ir até lá para conhecer o mercado e tomar um café da manhã por ali.