13.02.15

Trip Tips: Day Trip para Cambridge

No último domingo, resolvemos aproveitar o céu azul e, mesmo com uma mega friaca, deixamos a preguiça (e a TV) de lado e fizemos um bate e volta para Cambridge. Já postei algumas fotos desse day trip no meu Instagram (@mariliadiccini), mas aqui vai um resumão do nosso dia!

Apesar de já estar por aqui há dois anos e meio, eu nunca tinha ido para lá (o que é uma vergonha!), mas estava com esse passeio na minha listinha de To Dos para 2015. Confesso que depois de ter assistido o filme A Teoria de Tudo fiquei com mais vontade de conhecer a cidade e acho que foi por isso que acabei indo rs. O meu plano era ir bem cedinho, mas meu marido é enrolaaaado (e dorminhoco) e acabamos saindo de casa meio tarde, por volta de 10:30 da manhã.

Com Chegar: Cambridge é super pertinho de Londres (80 km) e uma opção muito boa de day-trip para quem vai ficar aqui vários dias ou já conhece bem a cidade e quer explorar um pouco o interior da Inglaterra. Nós pegamos um trem na estação de metrô Kings Cross e em 45 minutos já estávamos lá (também há trens que vão para Cambridge saindo da estação Liverpool Street, mas Kings Cross tem mais opções de horário e está na mesma linha de metrô da nossa casa, ou seja, bem mais fácil pra gente). Os tíquetes de trem custaram mais ou menos 16 libras (ida e volta) para cada um. Eu comprei um dia antes pela internet, mas acho mais fácil comprar direto no guichê porque o site é meio confuso.

King’s Cross Station Western Concourse.  Architect: John McAslIMG_4914

O Que Fazer em Cambridge: Apesar de ser uma cidade pequena, tem bastante coisa para fazer em Cambridge. Inclusive, acho preferia ter pego um hotel e passado o final de semana, porque a cidade é bem gracinha. Algumas atrações turísticas:

– Passeio de Punting (os puntings são barquinhos que lembram as gôndolas venezianas): um dos passeios mais turísticos da cidade é o tradicional passeio de barco pelo rio Cam. Achei que esse passeio vale super a pena (apesar de ser bem carinho: 18 libras por pessoa), porque os guias são bem bacanas e explicam muita coisa sobre a cidade e os sobre os Colleges (prédios da universidade). Também é possível alugar o barquinho e se arriscar nas manobras, mas eu não recomendo porque tem que ter uma certa técnica para conseguir pilotar e vi algumas pessoas passando perrengue (e batendo em outros barcos hahah).

IMG_5035 IMG_4978 IMG_4976 IMG_4967 IMG_4961 IMG_4959 IMG_4957 IMG_4950

– Colleges: quando a gente fala em Cambridge, automaticamente já relaciona a cidade à universidade. E é mais ou menos isso mesmo, Cambridge respira a vida acadêmica e o que a gente mais vê por lá são estudantes. A Universidade de Cambridge é uma escola muito importante e prestigiada. Em 2006, foi eleita a segunda melhor universidade do mundo, ficando apenas atrás de Harvard. Por lá, passaram inúmeros alunos ilustres, como Isaac Newton, Stephen Hawking e até o Príncipe Charles, entre outros. Uma curiosidade que o nosso guia do Punting nos contou é que a Universidade de Cambridge é a escola com o maior número de prêmios Nobel no mundo: ao todo, 82 alunos foram premiados ao longo dos anos.

Bom, agora falando sobre os colleges, como contei ali em cima, eles são os prédios que compõem a universidade. Ao todo, são 31 espalhados pela cidade. Os prédios tem uma arquitetura incrível e são super bem cuidados, com direito a jardins e tudo mais. Acredito que quase todos são abertos para visitação, mas, dependendo da época do ano (período de provas, por exemplo), eles ficam fechados. Alguns não cobram nada pela visita e em outros é preciso pagar uma taxa simbólica. Nós acabamos conhecendo dois colleges: o Trinity, que é o principal (e mais rico dos colleges) e o St John’s, que eu achei o mais bonito. O King’s College também é super famoso e o prédio é lindo por fora, mas estava fechado para visitação no domingo.

IMG_5040 IMG_5021 IMG_4994 IMG_4991 IMG_4987 IMG_4985IMG_4945 IMG_4939 IMG_4935IMG_4942IMG_4924 IMG_4917

– Mercado Central: na pracinha central da cidade (Market Place) tem uma feirinha bem legal de comidinhas e artesanato. É outra atração da cidade que vale a pena conhecer.

9590389 CambridgeMarketSquare

– Fitzwilliam Museum: Cambridge também tem um museu bem bacana, o Fitzwilliam Museum. Infelizmente, como nosso tempo estava apertado, não tivemos tempo para entrar e acabamos só passando pela frente dele. O prédio é maravilhoso e super imponente. Pelo que eu pesquisei depois, lá dentro é possível encontrar obras de Monet, Rubens, Degas, Cézanne, Renoir, Picasso, etc

FitzwilliamMuseum

Dicas de Restaurante: na rua central da cidade, a St Andrew’s Street, exitem muuuitas opções de restaurantes e cafés. Vi vários do tipo rede (que também estão aqui em Londres), como Nando’s, Byron, Côte Brasserie, Café Rouge, EAT, All Bar One etc. Me falaram bem da comida do The Eagle Pub e também do restaurante que fica no Hotel du Vin. A gente optou por comer depois que o sol tivesse ido embora, lá por volta das 5 da tarde, então acabamos comendo um hambúrguer no Byron mesmo.

Me empolguei super com essa mini viagem porque Cambridge é realmente muito bonitinha. Agora quero conhecer outras cidades que ficam aqui perto de Londres. Estou planejando passar um final de semana em Oxford daqui alguns dias :)