13.03.14

CSM: Fashion Styling

Estudando Moda CSMHá mais ou menos um ano, escrevi este post AQUI com algumas informações sobre os cursos de moda de curta duração da Central Saint Martins. De lá para cá, estou no meu terceiro curso e aí pensei em contar um pouco sobre um dos que estou fazendo atualmente, que é o Fashion Styling for Beginners.

Algumas pessoas me perguntaram se esse curso é para ser Personal Stylist, mas não é, tá? Na verdade, ele pode servir como base ou complementação para quem quer trabalhar com isso, mas o foco dele é o trabalho com editoriais em revistas, campanhas para marcas, filmes publicitários, etc.

Eu já estou quase finalizando esse curso e foi uma experiência incrível, a começar pela minha professora, que tem “O” currículo! Ela fez a graduação dela na CSM e ganhou o prêmio de melhor trabalho de formatura. Depois disso, ela foi Diretora Criativa da Balmain e, atualmente, ela tem uma marca própria incrível e dá consultoria para outras marcas. Ou seja, os professores de lá são super qualificados.

Uma informação importante é que esse curso especificamente tem muuuuito “dever de casa”. No começo, senti até um arrependimento por ter me inscrito, porque tinha muita coisa extra-aula para fazer, mas acho que valeu super a pena. A impressão que eu tenho sobre esse curso é que as aulas em si são mais para discussão do que fazemos em casa, ou seja, é importante ter um tempo extra para se dedicar. Pode ser que isso varie de professor para professor, mas o que dá mais trabalho são as sessões de foto que são feitas ao longo das aulas e isso faz parte do programa de todos os professores.

Vou contar um pouco sobre algumas aulas que eu tive e que foram interessantes, assim vocês podem ter uma ideia do conteúdo do curso.

Montagem no Manequim – Nessa aula, pediram para levarmos uma mala com objetos pessoais que gostamos (roupas e acessórios) e aí fomos divididos em grupos. Cada grupo tinha um manequim e aí era dado um tema para montarmos o manequim usando as roupas e acessórios que tínhamos levado. A ideia era improvisar e usar a criatividade, criar várias camadas e usar as peças de formas diferentes (ex. colar como cinto, blusa como saia, calça como manga, etc). O manequim não precisava parecer uma pessoa, e sim transmitir o tema que foi dado. Aqui vão alguns exemplos do que fizemos:image (2) image (3) image

Briefing Fictício Sessão de Fotos – Para uma das primeira aulas, tivemos que preparar uma apresentação com uma proposta de shooting para uma revista. Por exemplo, eu escolhi fotografar uma celebridade, mas as outras opções eram: trabalhar em cima de um tema sugerido pela professora ou sugerir um tema próprio. No meu caso, eu tive que justificar a escolha dessa celebridade e aí montar quatro sugestões de looks para ela e moodboards para cada um dos looks. Também era necessário escolher toda a equipe da sessão de fotos (um maquiador, um hair stylist e um fotógrafo), o local onde as fotos seriam feitas e qual seria a revista. Isso tudo foi a lição de casa, tá? Na aula fizemos a apresentação da proposta e recebemos um feedback.

Palestras – Além das aulas, tivemos palestras com um fotógrafo que tem duas revistas independentes e com uma stylist que trabalha basicamente com comerciais de TV. Eu amei essas duas aulas, principalmente a com o fotógrafo!

Primeira Sessão de Fotos – Depois do briefing de mentirinha rs, tivemos que elaborar um de verdade. Ou seja, tivemos que escolher um conceito e aí montar os quatro painéis de inspiração e levar para discussão em aula. Com os feedbacks dados pela professora, deveríamos comprar as peças de roupa e acessórios e preparar quatro looks para serem fotografados em um estúdio.

Para o primeiro ensaio, eu escolhi o tema “gueixa” e aí ela sugeriu misturar com algum outro tema para deixar as fotos mais interessantes. Eu usei esse quadro do pintor Gustav Klimt aí embaixo como segundo tema e aí todos os meus looks tiveram alguma peça ou muitos acessórios dourados.Lady-Com-Fan-Gustav-Klimt

Eu amei a experiência do shooting em si! Fotografar com uma modelo de verdade e um fotógrafo incrível (é o mesmo que deu a palestra para a gente lá no começo do curso) foi bem bacana. Eu cometi alguns erros bem de “beginner” no primeiro shooting rs, tipo: levei só um sapato e ele era customizado. No meio das fotos, ele começou a se desfazer hahaha. Enfim, serviu de lição e na segunda sessão levei três sapatos. Também não levei cabides (não sabia que teria uma arara para pendurar as roupas hahah), resumindo, foi meio desastrosa mas usei como aprendizado. Aqui estão algumas fotos (escolhi uma de cada look) dessa primeira sessão de fotos:2 3 5 6

Segundo shooting – Para a segunda sessão de fotos, a minha professora sugeriu manter o tema “gueixa”, mas pediu para eu montar algo aspiracional e subjetivo, já que o primeiro shooting tinha sido mais comercial. Ou seja, ela não queria que eu levasse o tipo de look que a gente usa para ir numa festa ou jantar. A ideia era montar algo que você não vê nas ruas ou que te deixaria chocado caso você visse. Confesso que tive muuuita dificuldade e quebrei a cabeça montando esses looks. Foram horas e horas em frente ao computador procurando peças em lojas online, pensando em possíveis customizações e montando os looks. Uma dica importante: na primeira sessão, percebi que eles valorizam muito a customização, então, para a segunda, acabei “criando” várias peças. Fui para Chinatown umas quatro vezes em busca de acessórios e objetos que eu pudesse “reformar”. Sobre o tema, como eu disse, mantive a gueixa, mas usei leques de papel e tons pastel como um segundo conceito. Fotografamos ontem e, depois de taaanto, trabalho, amei de paixão o resultado e fiquei apaixonada pelas fotos! Todo mundo da equipe adorou! Fiquei super feliz hahah. Aí estão elas:3 5 18279 1025 26

(Sobre as peças customizadas desse segundo ensaio: no primeiro look, usei um cinto para prender o leque na cintura da modelo e colei flores de plástico por cima para ficar mais delicado. O chapéu também foi customizado com um lenço para ser amarrado no pescoço. No segundo look, amarrei um tecido “durinho”, tipo um papel, na cintura da modelo e coloquei um galho de flores de plástico no meio do nó. O véu foi todo customizado com mini leques de papel de seda e uma ombreira com leques maiores. No terceiro look, colei mini flores na haste dos óculos de sol e desmontei leques de papel para colocar nos sapatos. Embaixo da saia florida tem um pouco de tule para dar volume. No quarto e último look, a saia é toda formada por tiras de papel (tipo uma cartolina, só que mais grossa) cobertas por tecido e o colar é um leque preso num cordão.)

Espero que tenham gostado do post! Daqui algumas semanas, escrevo sobre o outro curso que eu estou fazendo também na CSM. Beijos!

Comente!