06.08.14

LDN: Waddesdon Manor

No domingo retrasado, retomamos a rota dos palácios/castelos rs e fomos para Waddesdon Manor.

Waddesdon Manor é um palácio que fica aqui pertinho de Londres, situado na vila de Waddesdon, em Buckinghamshire. A casa foi construída no estilo neo-renascentista de um château francês, entre 1874 e 1889, pelo Barão Ferdinand de Rothschild, imitanto os castelos do Vale do Loire. Atualmente, Waddesdon é propriedade da National Trust for Places of Historic Interest or Natural Beauty (Consórcio Nacional de Locais de Interesse Histórico ou de Beleza Natural) e, além do jardim, é possível conhecer todo o interior do castelo.

Eu já tinha visto algumas fotos desse palácio e tinha me encantando pelo jardim (ando numa obsessão sem fim por flores e jardins! rs). Além disso, o palácio também tem um aviário, um café, um restaurante, duas lojinhas e carrinhos de sorvete espalhados pelo jardim (uma delícia o sorvete! É de um produtor local), ou seja, dá tranquilamente para passar o dia todo por lá! Algumas fotos que eu tirei durante a minha visita:DSC_0196 DSC_0197 DSC_0198 DSC_0199 DSC_0200 DSC_0202 DSC_0215 DSC_0216

Como chegar: pegamos um trem na estação de metrô Marylebone até Aylesbury e, de lá, um táxi ate o palácio, que fica a mais ou menos uns 15 km da estação.

Preços: gastamos 19 libras no trem por pessoa (ida e volta) e mais 20 libras de táxi (também ida e volta). No castelo, é preciso pagar uma taxa de 8 libras para usar a parte externa (jardins, aviário e restaurante) e mais 10 libras para conhecer a área interna. Ah, não precisa agendar o táxi com antecedência! Do lado de fora da estação de trem tem um ponto que sempre está cheio!

Waddesdon Manor
Endereço: Aylesbury, Bucks HP18 0JH, Reino Unido
Telefone: +44 1296 653226
Horário de Funcionamento: de quarta a domingo, das 10:00 às 17:00

26.05.14

The Fashion World of Jean-Paul Gaultier

Esse final de semana, a convite da minha amiga Carol, fui ver a exposição The Fashion World of Jean-Paul Gaultier: From the Sidewalk to the Catwalk. Como o tempo por aqui estava uma m**** , com aquele vento surreal típico da cidade, um programinha indoor veio a calhar. Jean-Paul-Gaultier-exhibition-Barbican-2014-2Falando um pouco sobre a exposição, ela está acontecendo no Barbican Centre, que eu não conhecia, mas já fiquei morrendo de amores e quero visitar mais vezes. O lugar é o maior centro multi-artes da Europa (obrigada, Google!): tem música, dança, teatro, cinema, entre outros. Na área externa, ainda tem um café super charmoso e movimentado. (PS.: nessas horas eu fico tensa, pois mesmo depois de um ano e meio morando aqui ainda tem tantos lugares que eu não conheço! Vou ter que ficar mais uns cinco anos, mãe! rs). Algumas fotos da exposição:Jean Paul Gaultier Barbican 1 Jean Paul Gaultier Barbican 2 Jean Paul Gaultier Barbican 3 Jean Paul Gaultier Barbican 4 Jean Paul Gaultier Barbican 5 Jean Paul Gaultier Barbican 6 Jean Paul Gaultier Barbican 7 Jean Paul Gaultier Barbican 8 Jean Paul Gaultier Barbican 9 Jean Paul Gaultier Barbican 10 Jean Paul Gaultier Barbican 11 Jean Paul Gaultier Barbican 13 Jean Paul Gaultier Barbican 14

A mostra ocupa dois andares do prédio e conta com mais de 160 peças que foram produzidas ao longo dos 40 anos de carreira do estilista. Tudo foi planejado de uma forma que faz o visitante entrar no mundo Gaultier mesmo, com muita informação sobre a vida dele, desde a infância com a avó materna em Paris até as visitas a Londres, e como isso influenciou cada coleção. Achei incrível poder ver o trabalho dele de pertinho, principalmente as peças de alta costura, com peças e mais peças que levaram semanas para serem desenvolvidas (um dos vestidos, por exemplo, demorou mais de 1.000 horas para ser feito!). Separei algumas frases que estavam espalhadas pela paredes da exposição e que me chamaram a atenção: jean-paul gaultier quotes

Sai de lá com muita vontade de comprar o livro que leva o mesmo nome da exposição! Achei incrível a forma como ele enxergava o mundo, a visão que ele tinha sobre beleza e a relação de amor que ele tinha com Londres, apesar de ser francês <3! Je T’aime Jean Paul!

23.05.14

Travel Tips: Restaurantes em Milão

Milano Duomo

Como eu contei nesse post AQUI, em janeiro deste ano, fui para a Itália pela primeira vez. Foi apenas um final de semana em Milão, mas já deu para eu ficar super fã do país! Como boa comilona, obviamente, rolou uma expectativa em relação aos restaurantes e, por isso, acabei fazendo uma boa pesquisinha antes da viagem.O que ajudou bastante foi o fato de que temos um amigo que morou alguns anos em Milão e, como a mulher dele trabalha com turismo gastronômico, pegamos dicas ótimas.

Bom, vou falar um pouco sobre os restaurantes que nós conhecemos e, no final do post, deixo uma listinha com mais algumas dicas ;)

Nosso primeiro almoço foi no Il Salumaio di Montenapoleone, um restaurante lindo e delicioso que fica bem no meio do Quadrilátero da Moda, bairro da high society milanesa rs. Acabamos sentando numa mesa do lado de dentro do restaurante, mas, num dia de sol e calorzinho, eu tentaria uma mesa externa porque é a parte mais charmosa do restaurante.

IL SALUMAIO DI MONTENAPOLEONE - milano Il Salumaio di Montenapoleone 3

milao restaurante 1

Ainda no sábado, fomos jantar no La Libera, um restaurante mais relax, bem estilo trattoria italiana mesmo. Achei tudo delicioso! O marido disse que a massa dele foi um dos melhores pratos que ele já comeu na vida. A atração principal é um dos donos do restaurante, um velhinho italiano super simpático e que usa umas roupas muito engraçadas hahaha (no dia em que a gente foi, ele estava usando um terno verde pistache rs).

La Libera 1 La Libera 2 La Libera 3

 

milao restaurante 2

 

Por fim, no domingo, tentamos almoçar no Paper Moon, restaurante indicado por uma amiga minha, mas, infelizmente, ele só abre de segunda a sábado, então acabamos indo no Al Pont de Ferr. Esse restaurante fica na Ripa di Porta Ticinese, uma rua que cerca um canal super charmoso da cidade. A cozinha lá é mais criativa e experimental. Nós adoramos!

Al Pont de Ferr 2Al Pont de Ferr 12 Al Pont de Ferr 13

milao restaurante 3

MAIS ALGUMAS DICAS:

1. Icecream: Chocolat / Shokolat– Via Boccaccio 9 – Tel. 02 48100597 – I think the name of the cafe has changed, but the concept stayed the same. It’s the best gelato and hot chocolate in town – near Cadorna metro
2. For breakfast, quick lunch or snacks: Panzerotti Luini – Via S. Radegonda 16 – tel. 0286461917. They do sandwiches, but their trademark is “panzerotti con mozzarella e pomodoro”, which is a salty pastry with melted mozzarella and tomato. Web site: www.luini.it; e-mail: info@luini.it.
3. Patisserie (drop by in passing for coffee and brioche): Pasticceria Marchesi – Via Santa Maria alla Porta – +39 02 876 730
4. A nice raw fish buffet, but not sushi: Da Claudio – Via Cusani, 1  20121 Milan, Italy – 02 805 6857 (good option for lunch)
5. Aristocratic tea time: Cova – Via Montenapoleone, 8 Milano 20121 – info@pasticceriacova.it –  +39 02 76005599 / +39 02 76000578
6. Torre di Pisa: Nice trattoria! Via Fiori Chiari, 21/5 – 20121 Milano – tel. 02.874877 – 02.804483
7. La Briciola: Casual trattoria, the service can get nerve-wrecking though: Via Solferino, 25  20121 Milan, Italy – 02 6551012
8. Trattoria Toscana: Good space and good for aperitivo, but frequented mostly by Bocconi students: Corso di Porta Ticinese 58, Milano – Tel. +39 0289406292
9. Da Giaccomo: Best fish restaurant in the city: Da Giaccomo – It’s a legend
10. Brazillian sushi: Temakaria (near Pont de Ferr on Ripa di Porta Ticinese)
11. Another restaurant: Tano Passami L’Olio
12. Pane e Ojo: Casual restaurant / communal tables: http://www.giuliopaneojo.com/IT/
13: Gioia 69: A super-trendy Michelin-starred restaurant and black-velvet lounge bar combo frequented by TV and football stars
14. NOBU: its location at the bottom of the Armani Building/ Armani Hotel makes it a one-of-a-kind experience. Here you can be part of the real Milan VIP “scene” including football players, TV stars, musicians and wannabe famous people
15. Good aperitivo places:
– Diana inside Hotel Sheraton – they do open buffet
– Noon at Cadorna – is more basic (croquettas, ham, cheese, mozeralla, small pizzas and some hot dishes later on like risotto and meatballs)
– My favorite: Bulgari – but it doesn’t do open bar aperitivos. But its atmosphere is nice
– RADESTKY: simple, not particularly attractive bar but a classic among the upmarket crowd. Yuppie feeling to it